Terça-feira, 16 de Outubro de 2007
Dia vazio

Hoje não aconteceu nada!.

Para completar o vazio, hoje estou só e não há nada mais solitário que uma pessoa só.

Olho todas as luzinhas que entretanto se acenderam com o aproximar da noite,oiço passar uma ambulância e fico a cismar, que se calhar há solidão mais penosa do que a minha.

Resignação é a palavra certa para o que não tem remédio!

 

 

 

 

 

Sózinha

 

 

 

Sózinha,

Sózinha e triste!

Caminho por esta rua,

Tenho só por companhia

O silêncio e a Lua.

 

 

Solidão é meu lamento!

No meio de tanta multidão

Estou só com o pensamento

e amargurado o coração!.

 

 

Bruscamente oiço alguém

Batendo o pé na calçada

Alguém que não tem ninguém

E como eu está conformada!.

 

 



publicado por rosafogo às 21:07
link do post | comentar | favorito
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Novembro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


posts recentes

Novo blog

Netas nossas princesas

Porquê ?

Acontecer

Sem retorno

Longevidade

Fio da meada

A começar o Inverno

Jardim de mulheres

Dia cinzento

arquivos

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

favoritos

Homem e poeta

Palavras desalinhadas

Asas que tive

PROVOCAÇÃO CONFLITUOSA

TERÇA E QUARTA FEIRA II

NASCER EM BERÇO DE OURO

INTELECTUALIZAR

MAIS UMA MEDALHA DE OURO!

Perdidamente perdida

Poema para a Terra calada

Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds