Segunda-feira, 29 de Outubro de 2007
Longevidade

Quando a Vida já vai longe começa a pensar-se naquilo que se devia ter feito e não se fez.

Surge às vezes uma sensação de vazio, parece que algo ou alguém nos desviou do nosso destino.

 

 

Esquece o tempo

 

Tens o tempo, todo no teu rosto!

Maldição?! Seja ou não é certo!

Que o tempo te trouxe algum desgosto

mas os sonhos ainda te sorriem de perto.

 

Tempo, todo o tempo caído no vazio!

Como se entrasses em sonolência

Tempo que corre dia e noite, como rio

Sorriso morto?! Olhos sem existência!

 

Cerram-se as pálpebras,negas-te a ver 

as rugas silenciosas à tua volta

E é a dor, do tempo não poder deter!.

 

Resistes?!. Queres ir mais além!

Ás vezes feliz deixas um sorriso à solta

E esqueces o tempo,que não se detém!.

 



publicado por rosafogo às 15:12
link do post | comentar | favorito
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Novembro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


posts recentes

Novo blog

Netas nossas princesas

Porquê ?

Acontecer

Sem retorno

Longevidade

Fio da meada

A começar o Inverno

Jardim de mulheres

Dia cinzento

arquivos

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

favoritos

Homem e poeta

Palavras desalinhadas

Asas que tive

PROVOCAÇÃO CONFLITUOSA

TERÇA E QUARTA FEIRA II

NASCER EM BERÇO DE OURO

INTELECTUALIZAR

MAIS UMA MEDALHA DE OURO!

Perdidamente perdida

Poema para a Terra calada

Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds